sexta-feira, 9 de julho de 2010

Como é que é?

Sei que ando escrevendo pouco, mas precisava fazer esse post levemente injuriado, ofendido, ultrajado e quaisquer outros adjetivos que couberem aqui.

Tá todo mundo sabendo do caso do goleiro de um grande time brasileiro que está sendo acusado de matar a ex-amante. Caso horroroso, lamentável. Mas este post não é sobre isso. É sobre os absurdos que eu tenho lido na internet sobre o caso. Coisas do tipo "Foi feio o que ele fez, mas se ela não fosse uma vagabunda (!), ele não precisaria ter feito" ou "Se tivesse ficado grávida do Manuel da padaria, teria tomado um monte de remédio pra abortar, mas engravidou de gente rica, né, devia até estar chantageando o coitadinho (!!!)". Que que é isso, minha gente!? Só eu vejo um absurdo enoooorme nesse tipo de afirmação?

É muito machismo pra minha cabeça. O cara casado sai trepando por aí sem camisinha e a culpa é da mulher que engravida, lógico. Além do mais, vagabundas, putas, atrizes de filme pornô tem mais é que morrer mesmo. Essa inversão de papéis, que coloca a vítima como culpada pelo que lhe acontece, é o fim da picada. É igual falar que fulana foi estuprada porque tava de saia curta, portanto provocou o tarado.

NINGUÉM merece o fim que essa moça teve e nada do que ela seja ou tenha feito justifica o que aconteceu. Nenhum bebê merece ficar órfão aos 4 meses de idade. Espero que os culpados sejam punidos, mas espero mais ainda que a sociedade mude a sua visão de que se a pessoa é assassinada de forma brutal é porque fez algo para merecer.

PS: As piadas perderam a graça faz tempo, acho que podiam parar, né?

2 comentários:

  1. realmente esse caso eh polemico. A menina disk q queria ser famosa na vida coitada, tem um pai q ja foi acusado de estupro e foi abandonada pela mae, dai vc entende o desvio?
    Agora oq me deixou espamtada eh a frieza de uma pessoa querer matar a mae de seu filho desse jeito.. grotesco.

    ResponderExcluir
  2. Independente de querer ser famosa, de ter pai acusado de estupro, de ter sido abandonada pela mãe, a culpa não foi dela.
    Acho interessante essa inversão de valores... como se ela ser uma pessoa de moral duvidosa justificasse a barbárie.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...