sábado, 16 de outubro de 2010

A menina que tem aquilo roxo

Desde que o mundo é mundo, eu pinto meu cabelo. Já tive o cabelo de praticamente todas as cores do espectro visível e, de todas as vezes que eu pintei, só uma foi no cabeleireiro. Só tinha dado errado uma vez, prontamente corrigida com uma visita à farmácia mais próxima. Isso até anteontem.

Quinta-feira, meus amigos, fiz uma cagada fenomenal no meu cabelo. Desculpem o palavreado, mas não tem outra palavra para descrever a tragédia. Eu estava tentando reproduzir o meu clássico vermelho, que eu usava quando eu era jovem. Acho que meio que uma tentativa desesperada de fingir que os 31 não estão ali, logo na esquina.

Fui na Boots e comprei a munição: kit de luzes e um vermelho beeeeem cheguei. Da L'Oreal, para não dizerem que eram produtos de procedência duvidosa. Fiz as luzes, deixei por 30 minutos - que era o máximo indicado na caixa. Ficou um castanho claro ao invés do loiro das outras vezes que eu fiz. Tudo bem, mandei o vermelho por cima. Meu amigo, que meleca. A raiz ficou vermelho merthiolate e o resto... bom, o resto ficou todas as tonalidades de vermelho possíveis. Da maneira menos harmoniosa possível.

Diante desse fato deplorável, só me restavam 4 alternativas:

1. Botar um chapéu, ir no Asda e comprar um outro tom de vermelho e tentar corrigir a cagada.
2. Botar um chapéu, ir no Asda e comprar outra cor e tentar cobrir a cagada.
3. Fazer a Britney e passar a máquina 0.
4. Fazer a Emma Watson e cortar o cabelo bem curtinho.

Bom, a alternativa 3 foi a primeira a ser descartada porque eu não tenho nenhum tipo de problema mental para justificar. A 4 me deixou meio em cima do muro porque eu adorei o corte da Emma, mas eu não tenho a cara da Emma para ter esse cabelo. Enfim, só me restaram as duas primeiras, e a 4 seria um backup.

Coloquei meu chapéu e fui pro Asda. Chegando lá decidi comprar um Casting, que seria mais fácil para eu me livrar caso desse tudo errado. A dúvida era: vermelho ou roxo? Depois de muita meditação em frente a prateleira, escolhi o roxo. Cheguei em casa, pintei e sejaoquedeusquiser.

Bom, o que posso dizer no momento é que parece que tá tudo roxo, mais ou menos da mesma cor. O problema é que preciso de alguma alma caridosa para inspecionar para mim, já que meu querido marido é daltônico e não distingue tons de roxo.

Conclusão: alternativa 4 ainda não está descartada. Aguardem as cenas dos próximos capítulos.

3 comentários:

  1. hahahahahahhahahahahahahah

    Choray de rir!

    ResponderExcluir
  2. hahahaha! Louca pra ver uma foto do seu cabelo!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...