sábado, 22 de janeiro de 2011

Ex-girlfriends united

Estava eu me sentindo muito culpada por não ter lido muito nos últimos dois anos, tirando livros sobre gravidez, filhos, papinhas e alguns Sharpe, quando, num passeio à biblioteca - onde vou regularmente com a Lily -, tive a idéia cretina de escolher um livro aleatório. Leitura leve, despretensiosa mesmo. Ok, confesso, fui direto na prateleira do Bernard Cornwell, mas como só tinha alguns livros que não são o primeiro da série, resolvi ler qualquer coisa.

Resolvi tentar ler um desses livros de mulherzinha, sem tiros, espadas, paredes de escudo e o escambau. Escolhi pelo nome, parecia livro de mulherzinha, né. Ex-girlfriends united, escrito por um desinfeliz chamado Matt Dunn. Primeiro motivo para desconfiar que o livro era ruim (depois do nome, é claro): livro mulherzinha escrito por homem. Deixei de lado meus preconceitos bestas e encarei. Quando o Mike chegou em casa, viu o livro, olhou pra mim com aquela cara de 'tem certeza que você vai ler isso?'.

Bom, já tinha pego, né, o negócio era encarar. O livro é meio que continuação de um outro livro chamado The ex-boyfriend handbook, mas dá pra ler tranquilo sem ter lido o primeiro. Mas se eu fosse você, eu não leria. Como não tive ninguém para me dar essa dica antes, vou contar o que acontece só para vocês sentirem o drama da ruindade do esquema:

O narrador, Edward, tem um amigo, Dan. Ele comeu todas as menininhas da cidade e, de repente, não conseguia comer mais ninguém. (ok, vou pular uma parte da história porque ninguém merece, muito menos você, caro leitor, que perde seu precioso tempo lendo as abobrinhas que eu escrevo). Eis que então eles descobrem que existe um site só para mulheres chamado Slate Your Date (pode clicar que o link funciona!), onde todas as ex-namoradas do Dan escreviam, err, críticas a respeito do rapaz. Os dois então embarcam numa jornada para tentar convencer as mocinhas a mudar as qualificações do Dan no tal site para ver se ele consegue comer alguém. Fim. Ok, não é bem isso, mas é bem próximo. É cheio de frasezinhas de efeito e piadinhas sem graça. Exemplo:
- Nossa, Dan, você é muito mulherzinha.
- Você é o que você come.

E daí pra baixo. Mal valeu a meia dúzia de horas que eu perdi lendo ele. E o pior: fui procurar as críticas na Amazon, só para ter certeza que não estava sendo ranzinza e o livro só tem qualificações de 3 pra cima (de 5). E tudo de homem. Então, a única serventia do tal livro foi eu descobrir que existem livros mulherzinha pra homem.

Terminei de ler na quarta e ontem já despachei de volta pra biblioteca. Sorte do Matt Dunn que o livro era da biblioteca e não meu, porque se eu pudesse, teria ido direto pro reciclável, só para não correr o risco de ninguém mais ler.


6 comentários:

  1. Nossa Ana, eu acho que nao conseguiria ler ate o final nao... o abandonaria la pela pagina 50...
    Se você quer ler livros como você mesma classificou: mulherzinha, procure livros da Marian Keyes, ja li uns 3 ou 4 e acho muito bons. É uma leitura leve, facil e agradavel, os livros sao sempre aquele romance agua com acucar, mas tem um quê a mais.

    ResponderExcluir
  2. hm.. livros mulherzinha tb n fazem meu estilo.. nao lembro da ultima vez q li um.. gosto mais de self-development ;D

    ResponderExcluir
  3. Oi, sou GabIX. Seu blog é muito fofo. Estou seguindo. Segue o meu?
    http://animerockn.blogspot.com/
    Kisu.

    ResponderExcluir
  4. haha, muito bom! livro mulherzinha eh bom de vez em quando... o melhor eh o "fear of flying". pega se pude, muito bom!

    ResponderExcluir
  5. minha cunhada de 12 anos me emprestou uns de uma escritora infanto-juvenil chamada jenny valentine. achei muito bons, e tambem fiquei impressionada q aqui os livros infantis tratam de coisas como morte, depressao, suicidio e abandono. achei bons, e olha q sou purista com literatura (nao gosto de best seller).

    ResponderExcluir
  6. Te entendo!
    As vezes acontece de eu pegar uns livros tão ruins, mas tão ruins que no final faço exatamente como vc...vou ler a review dos outros pra saber se eu sou a única ranzinza...se fosse eu deixaria um bilhetinho na primeira página! hahahaha

    beijoooo

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...