terça-feira, 4 de janeiro de 2011

The F word

(ou a linguagem dos bebês)

Estávamos nós três na cama hoje de manhã, quando de repente a Lily começa: fock! fock! fock! Eu e o Mike olhamos um pra cara do outro, divididos entre achar engraçado e ficar indignados, e nos perguntamos, onde ela aprendeu isso? Sim, porque a menina agora é um papagaio, repete tuuudo que ouve, mas:

1. nós já falávamos pouco palavrão, mas paramos completamente depois que ela começou a repetir o que a gente fala;
2. televisão, aqui em casa, é só Cbeebies. Só.

Passamos o dia tentando descobrir aonde a menina ouviu a tal palavra. Até que, na hora do banho, enquanto ela brincava na banheira, ela começou de novo: fock! fock! fock! Aí eu olhei para ela, ela olhou para mim e estendeu a mãozinha: fock! Gente, ela tava segurando um sapinho de borracha. E foi então que eu descobri que fock não era nada do que nós estávamos pensando: fock é frog! Rachei de rir da minha mente poluída e fui contar pro Mike.


7 comentários:

  1. Há!

    Gabriel chamava capacete de 'pra cacete'. Meio complexo de entender rs.

    ResponderExcluir
  2. hahahahahaha q buntitinhu

    ResponderExcluir
  3. Ai, sensacional... nao vejo a hora de passar por esses momentos!

    ResponderExcluir
  4. q gracinha, adoro essa fase quando eles nao falam direito. a minha ja passou por essa fase faz tempo, nao tem nada de falar sem saber ;)

    ResponderExcluir
  5. hahaha, minha irma mais nova falava "fodinha" em vez de "fraldinha" quando era bebe.

    ResponderExcluir
  6. Hahahahhaha bateu o frio na espinha! Aqui ja rolou algumas confusoes linguisticas tbm.....ainda bem que nesse periodo aqui eles ficam mais comigo, entao nao tem o perigo de soltar algo estranho na escola!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...