sábado, 19 de fevereiro de 2011

Bicicletando por aí

Quando compramos essa casa, ganhamos da construtora um voucher de £200 para comprar uma bicicleta ou um passe anual de ônibus - a idéia era ser ecologicamente correto. Desde que eu vi o dito cujo, já falei que eu ia comprar uma bicicleta, uma cadeirinha e sair pedalando por aí com a Lilica.

Ok, quase um ano se passou antes que eu tomasse vergonha na cara e fosse escolher uma bike. Fiquei adiando porque a guria tinha que ter tamanho para sentar na cadeirinha. Depois de muitas idas e vindas da Halfords, um belo dia saí de lá pedalando a Etienne:

devidamente equipada com uma cadeirinha para crianças
A Etienne é a primeira bicicleta de mulherzinha da minha vida - primeiro tive uma BMX e depois uma mountain bike que eu dividia com meu irmão (no fim das contas, ele usava muito mais que eu) - e tenho que confessar que ela foi minha escolhida só porque era bonita. Ok, o fato de ter 18 marchas e o câmbio ser shimano (não entendo muito de bicicletas, admito, mas sempre ouvi que era bom hahaha) também foram pontos a favor, mas escolhi mais pela carinha dela mesmo.

Trouxe ela pra casa, mais feliz que criança em dia de Natal. Até que resolvi levar a criança pra passear. Olha, espero que o Conselho Tutelar nunca venha perguntar para os meus vizinhos se eles ouviram algo suspeito vindo da minha casa, porque pelos gritos da Lily alguém poderia achar que eu estava torturando a menina. Então, todo dia eu dava uma voltinha com ela pelo quintal mesmo, eu segurando a bicicleta. Ela foi se acostumando com a idéia - menos com o capacete. Mas aí eu fiquei doente e a simples idéia de estar no meio do nada, longe de um banheiro era inconcebível para mim. E a bicicleta ficou guardada.

Entre essa história toda e a semana passada, quando o clima começou a melhorar, só saímos de bicicleta uma vez. Um belo dia, vi o sol e pensei: é hoje! Tirei as teias de aranha e fomos até a biblioteca. A Lily adorou o passeio, usar o capacete (a hat!, segundo ela) e tudo mais. Foi quando, lendo uns posts em uma comunidade do Orkut, me deu um click: deve ter algum lugar onde eu possa ver os mapas das ciclovias por aqui. E achei um monte de informação. A Sustrans, responsável pela National Cycle Network, tem um pacote informativo bem bacana, com material que vai desde como escolher uma bicicleta até mapas da rede de ciclovias, alguns downloads grátis, alguns a venda no próprio website. A Prefeitura de Slough também disponibiliza um mapa das ciclovias e o site Cycle Streets te dá as rotas possíveis para ir de A a B de bicicleta. O máximo!

Hoje, depois de muitas pesquisas e mapeamentos, fui de casa até Windsor e voltei (por caminhos diferentes, testando as rotas). Me surpreendi várias vezes. Uma, que eu sabia que era perto, mas é indecente de tão perto (e eu pagando 4 conto cada vez que eu queria sair...). Duas, não foi tão cansativo quanto pensei que seria. Mesmo eu sendo gorda e não fazendo exercícios físicos regularmente há anos, fui e voltei tranquilamente - teve uma pausa de umas duas horas entre a ida e a volta, mas mesmo assim. E a Lily curtiu muito o passeio, achou o máximo andar de mãos dadas pela cidade ao invés de no carrinho e na volta até dormiu.

E foi assim que, a partir de hoje, resolvi que a bicicleta será meu meio de transporte principal. Ônibus, só se estiver chovendo!


5 comentários:

  1. Também quero uma bicicleta!!! Ganhei uma velha e usada quando me mudei pra cá, mas ela fazia uns barulhos muito estranhos e eu tinha medo dela desmontar comigo em cima...hehehehe... Você tem é o assento pra Lily ou desses carrinhos que você prente na bicicleta e vai puxando? Eles sao o máximo, o povo aqui puxa crianca (da pra sentar 2), cachorro e faz até mudanca com isso.

    ResponderExcluir
  2. Aaahh que delicia. Comprei uma bike e andei nela umas 3 vezes. Agora ocupa espaco no meu hall de entrada. Quero voltar... talvez em 1 ano, quando a Sofia tiver grandinha o suficiente :)

    ResponderExcluir
  3. Babi: é cadeirinha mesmo. Eu fiquei tentada a comprar o trailerzinho, mas confesso: tenho medo de tombar! hahaha

    Cintia: volta mesmo, é uma delícia, principalmente se tiver bastante ciclovias perto de ti.

    ResponderExcluir
  4. Q legal vc usando a bicicleta. tem mt gente onde eu trabalho q usa mesmo no inverno. Invejo hehehe, mas acho que nao conseguiria pedalar 3.5 miles.
    Eu tinha uma bike q usava pra ir na biblioteca, dai enferrujou e nao comprei outra, mas to sempre caminhando mesmo.
    Em Nov qdo teve tda akela neve nao dava pra sair de carro e eu nao queria pegar o busao pq era mt perto (era esse dia q tinha q ir trabalhar perto de ksa), dai tomei coragem e fui com neve e tudo. E nao me arrependi, os exercicios fazem mesmo te sentir melhor. ;D

    Vc tb esta incetivando a lily oq eh mt legal tb ;D

    ResponderExcluir
  5. Amo andar de bicicleta, foi uma das minhas primeiras compras quando cheguei a Londres. Sempre andei pra trabalhar, passear etc, londres eh muito facil de andar por ser uma cidade tao plana. Nao vejo a hora do Goura estar na idade de sentar na cadeirinha, quero voltar a usar minha bicicleta!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...