quinta-feira, 24 de março de 2011

Google – manual de instruções

Cena do crime: uma comunidade de arquitetura qualquer.

Fulano abre um tópico (mesmo havendo um tópico para dúvidas) e dispara:
“Tenho um seminário/trabalho/monografia sobre (insira aqui uma obra arquitetônica mundialmente famosa, projetada por um arquiteto de renome), mas no Google só achei coisas em (insira aqui uma língua latina). Alguém poderia me ajudar?”

Você, moderador, deveria apagar o tópico, mas como estava se sentindo benevolente, vai até o Google, digita o nome da tal obra, manda três links da primeira página de resultados pra criatura – incluindo um do escritório que projetou a bagaça (difícil de achar?) e o projeto. E, como dois dos links estavam em inglês, você sugere que, se a criatura também não souber inglês, deveria dar um jeito de estudar uma língua estrangeira.

O ser do escuro volta, agradece e diz que fala 5 línguas fluentemente e que só tinha pedido ajuda com os links. Infelizmente algum outro moderador apagou o tópico antes de eu responder, e sinceramente não vou resgatar porque era o que eu deveria ter feito ao invés de ter perdido 5 preciosos minutos do meu tempo respondendo. Mas a minha resposta teria sido: sabe 5 línguas mas não sabe usar o Google.

Essa foi a última, mas não foi a primeira. Fim de semestre é uma festa – chove tópicos bizarros como esse, de gente que “não achou nada no Google”. Gente: B-I-B-L-I-O-T-E-C-A. É um prédio grande, cheio de livros, na fábrica de profissionais medíocres universidade/faculdade/centro universitário em que vocês estudam deve ter um desses. Mas vamos hipotetizar a inexistência de material nesse obscuro prédio literário.
Esse é um guia de como utilizar o Google e achar o que você precisa, para todas as pobre almas preguiçosas que não levantam a bunda da cadeira para ir até a biblioteca mais próxima que, apesar de terem nascido na era digital, não sabem usar um serviço de busca.

1. Digite o nome da obra. Parece óbvio, né, mas se mesmo assim as pessoas não acham nada no Google, é porque estão pulando essa etapa. Vai lá digite. Entre em todos os links das primeiras 10 páginas. Não achou nada? Pule para a etapa 2.

2. Seja específico. Se você sabe o nome do arquiteto que fez o projeto, ou se você precisa de plantas baixas, digite isso na busca. Quanto mais específica a busca, maior a chance de você encontrar o que quer.
3. O idioma é um problema? Vá em pesquisa avançada e escolha as 5 línguas em que você é fluente (uma de cada vez). Ou então, baixe o Chrome e use a ferramenta de tradução. É óbvio que a tradução não vai ser perfeita. O que você queria, copiar, colar e entregar pro professor? (tenho certeza que sim, mas se você quer moleza, não deveria fazer faculdade.) Se mesmo assim não funcionar, imprima as páginas na língua estranha, vá ao prédio cheio de livros e procure um dicionário.

Se mesmo depois de seguir esses simples passos você não encontrar naaaaada, procure o seu professor, diga que procurou material mas não achou e peça para ele te indicar bibliografia. Só um aviso: ele provavelmente vai te indicar LIVROS.

Um comentário:

  1. hehehhee... adorei!!!
    o problema é que ainda tem gente que faz buscas no google assim: "Quero uma foto tem bonita de um prédio de um arquiteto famoso para fazer trabalho da faculdade, mas tem que ser moderno, tá? Obrigado!"

    É sério!!!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...