sexta-feira, 15 de abril de 2011

Visto de noiva

Ok, esse não é um blog sobre imigração e, obviamente, falar sobre vistos não é o foco principal. Mas vejo tanta gente com dúvidas em relação a esse processo do visto de noiva que achei que merecia um artigo aqui no blog. Espero que seja de utilidade para alguém.

**Disclaimer** As regras de imigração do Reino Unido mudam bastante de tempos em tempos. Esse post é baseado na minha experiência (fim de 2007) e nas minhas pesquisas realizadas HOJE – 15/04/11. Não me responsabilizo pelas sandices do David Cameron e da Theresa May.

Quem pede visto de noiva precisa preencher o formulário VAF4 – os pedidos são feitos online, através do site www.visainfoservices.com. Lá estão todas as informações que você precisa saber: agendamentos, preços (ozói da cara), endereços, links e guias de como preencher a bagaça. O que geralmente pega é: que documentação mandar?

O importante é provar tudo o que você escrever no formulário. O relacionamento de vocês é verdadeiro? O seu noivo tem como sustentar você sem ajuda de beníficios? Vocês tem onde morar? Vocês vão mesmo se casar no prazo dado? Você sabe falar o mínimo do mínimo de inglês pra poder comprar um pão na padaria mais próxima?

Uma lista básica de documentos seria:
  • tudo que puder provar o relacionamento de vocês: cartas, emails, fotos;
  • contra cheque e extrato bancário dos últimos 6 meses – do seu noivo e seu, se tiver;
  • contrato de aluguel dele, ou escritura da casa, ou carta da sogra dizendo que tem um quarto pra vocês na casa dela, acompanhado do respectivo contrato de aluguel ou escritura;
  • qualquer preparativo que vocês tenham feito para o casamento (1);
  • certificado de inglês (2).
O item (1) costuma causar confusão, porque não dá pra marcar o casamento sem o visto. Mas dá pra fazer orçamento de locais, flores, vestido. Tudo isso conta.

O item (2) é uma novidade, começou a valer a partir do fim de novembro do ano passado. Agora as noivas (e esposas e parceiros civis) tem que provar que tem noção da língua para receberem o visto. Mas é noção mesmo, nível A1 – o mais básico. A forma mais simples (ou não!) é fazer o KET, de Cambridge. O grande problema é que a prova só é realizada em determinados centros, em determinadas datas, a inscrição é feita com bastante antecedência (dei uma olhada no site da Cultura Inglesa de Uberlândia, inscrições abertas agora, provas em junho) e demora uns dois meses pro resultado chegar – isso na minha época, talvez hoje seja mais rápido. Mas é bom se programar com antecedência.

É basicamente isso, e não tem muito mistério: responder o que for perguntado no formulário, juntar os documentos e pronto.

Acho que não esqueci nada! Se alguém tiver alguma dúvida, só deixar um comentário que a gente tenta responder! :)

2 comentários:

  1. Olá, tudo bem com vc? Achei seu blog no google, depois de percorrer dias e meses sobre informações mais detalhadas sobre o visto! Eu estou entrando no processo agora,mas o meu será para esposa, pois iremos nos casar em Setembro aqui no Brasil.E fiquei contente em ver o local que voce vive, pois se eu não me engano é o mesmo onde eu irei morar!Eu fiz um blog para contar essa "aventura" de organizar documentos além de manter minha familia informada sobre aminha vida ai do outro lado do mundo!Se você quiser podemos conversar mais e se eu não for te atrapalhar eu tenho algumas duvidas do processo, ai voc~e poderia me ajudar.Um beijos.Thayna
    casadinhosemuk.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá, gostaria de pedir uma informação que ninguém sabe me dar. Eu vou aplicar para visto de noiva em Maio, meu casamento já está marcado para Agosto. Então não tenho como fazer o teste de Inglês a tempo pq é só em Junho aqui na minha cidade (eu iria fazer o PET). Mas no site tem dizendo que se vc tem um certificado válido provando que você se enquadra nos requerimentos de linguagem da UKBA, vc pode mostrar. E meus certificados são da Cultura Britânica da Universidade Federal do Ceará, do Basic Course e do UPPER Intermediate. Inclusive sou até professora de Inglês da Wizard. Você acha que isso já é suficiente para mostrar na Embaixada que eu estou apta a falar, escrever e entender Inglês? Aguardo sua resposta! Obrigada desde já!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...