quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Às duas da manhã

Eis que ouço gritos desesperados, vindo do quarto ao lado. "Mamãe, mamãe". É a vingança, aquela que celebremente vem a cavalo.

Há mais ou menos um ano, logo depois que a Lily começou a andar, eu tirei as grades do berço dela. Ela ainda não dormia a noite inteira e eu, há 15 meses sem dormir, achei a solução para todos os meus problemas: ensinei ela a vir até a minha cama quando acordasse. Funcionou que é uma beleza: no começo ela vinha no início da madrugada, ainda mamava e, com o tempo, foi dormindo mais e mais e mais, até que com o desmame, passou a vir para a minha cama, na maioria das vezes, só de manhã. Na verdade, eu nunca me importei que horas ela viesse, desde que eu pudesse continuar dormindo.

Pois agora, ela inventou uma nova moda: não quer mais dormir na minha cama, mas ainda quer acordar de madrugada. E acordamos todos, aos gritos de "mamãe". Meu marido, que me ama muito e sabe que sem meu sono não sou ninguém, levanta e vai. É recebido aos berros de "I want MUUUUUUUUUUMMYYYYYYYYYYY". Ele pega ela e traz pra cama no colo. Ela olha pra minha cara e diz: cama da Lily? E lá vou eu, dormir no chão, do lado da cama da Lily. A essa altura da vida. Ok, só espero que essa fase passe logo. Ou que pelo menos ela aceite o pai de vez em quando!


** Este post foi escrito em comemoração dos 2 anos, 2 meses, 2 semanas e 2 dias da Lily, como observado pelo Jhony. Apesar da noite atribulada, vou levar ela pra brincar na piscina e depois na biblioteca, porque ela merece!

Um comentário:

  1. kkkkkkk ri demais 'I want mummy' hahahaha q linda

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...