segunda-feira, 31 de outubro de 2011

A novela mexicana da vida

Então que meu aquecimento central tá quebrado. Coisa simples, só trocar o controle - porém tá na garantia, tivemos que ver uns números não-sei-aonde para falar pra não sei quem mandar outro novo. Enfim, já tá no correio, mas não é bem esse o problema, já que ainda não está tão frio assim, e temos um aquecedorzinho elétrico que quebra o galho se esfria mais um pouquinho. O grande problema é que minha roupa não seca.

Eu não tenho secadora desde que me mudei para essa casa. Foi uma opção nossa, comprar uma máquina de lavar melhor e deixar a secadora para quando/se precisássemos. Esse é o terceiro inverno e não tivemos problemas - até agora. Minha irmã chega amanhã (se a Nossa Senhora da Primeira Classe ajudar) e eu com toneladas de roupas sujas, roupa de cama, toalhas. Comofas/

Tive a brilhante ideia de procurar uma lavanderia, daquelas que põe moeda e as máquinas funcionam, sabe? O Google não foi meu amigo nessa hora, então perguntei no Facebook. Uma amiga que mora na vila vizinha me indicou uma pertinho e fiquei toda feliz - a lavanderia abria todos os dias, beleza.

Juntei toda a roupa suja e passei o sábado lavando máquinas e máquinas de roupa - acho que foram 5 ou 6 no total. Minha máquina tem capacidade para 8 quilos, calcula aí a quantidade. Quando terminei ontem de manhã, colocamos os sacos no porta-malas, junto com brinquedos pra Lily e revistas para nós e toca pra lavanderia.

Estacionamos na porta - oba, meu dia de sorte! -, desci e... fechada. Voltei pro carro com cara de cachorro que caiu da mudança. O cartaz fala de segunda a domingo, das 7 da manhã às 8 da noite, eu disse pro Mike. Sem acreditar que aquilo estava acontecendo comigo, saio do carro de novo e tento abrir a porta. Nada. Volto pro carro e vejo um moço suspeito, com a maior cara de quem ia tentar lavar a roupa. Observo, vai que ele sabe algum truque pra abrir a porta que eu desconheço. Ele também falha. Do alto da minha (falta de) coragem, abaixo o vidro do carro e pergunto se ele sabe onde tem outra. Ele me fala de outras duas, ambas fechadas.

O que isso significa? Que eu tenho 40 quilos de roupa molhada em sacos na minha cozinha. Pelo menos acho que está frio demais para o mofo se desenvolver, mas como não quero roupa fedida, gostaria que meu marido chegasse logo para tentarmos ir lá hoje. E a lição de hoje, crianças, é a seguinte: quando vocês tiverem a brilhante ideia usar uma lavanderia, lave a roupa lá. Gasta umas libras a mais, mas suas preocupações com roupas fedorentas serão bem menores que as minhas.

2 comentários:

  1. Ana, vai ter que lavar tudo de novo pra tirar o cheiro... shit!

    Eu também nao tenho secadora, nem quero ter, porque acho que estraga muito a roupa, mas ok, somos só nós dois aqui, mas e sei que crianca suja muita roupa e a secadora se torna necessária.

    Mas tenho um sério problema aqui em casa que a roupa nao seca no varal. Fica dias pendurada e nao seca! O pior é que por causa do tempo, o varal fica no escritorio, que é o cômodo que mais usamos na casa (os viciados em computador) mas o único que tem espaco pra ele... E eu realmente nao sei o que fazer pra roupa secar direito...

    É um caso sério pra nós, acostumadas com a roupa seca no mesmo dia devido ao calor ou a inexistente humidade do ar uberlandense...

    ResponderExcluir
  2. ODEIO roupa fedorenta. Aqui a gente seca dentro do segundo banheiro. Oh tragedia, Aninha!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...